Image Alt

Blog


Descrição Geral

Na perspectiva tradicional chinesa, a estética e a beleza são conceitos holísticos: o aspecto exterior de cada um de nós revela o estado interno do nosso organismo. A localização das rugas na face, por exemplo, inevitáveis com o processo de envelhecimento, indicam, também o enfraquecimento ou desequilíbrio de alguns órgãos internos: rugas em redor dos lábios podem ser sinal de fígado preguiçoso; na testa, indicam uma propensão para problemas digestivos; entre as sobrancelhas, debilidade do estômago; e em redor dos olhos, pode indicar tendência para doenças cardíacas, pulmonares ou debilidade do intestino delgado.

A eficácia de qualquer tratamento de estética é aumentada, assim, quando este é complementado por uma rotina e um regime alimentar mais equilibrados que ajudam a compensar os eventuais desequilíbrios internos.

Literalmente, a beleza vem do interior!


Os tratamentos de estética segundo a Medicina Tradicional Chinesa destinam-se, assim, a corrigir desequilíbrios através da aplicação de técnicas terapêuticas que activam a resposta do organismo segundo vários processos: a estimulação da circulação sanguínea local e periférica, da circulação linfática, da produção de colagéno e elastina, a tonificação muscular e a estimulação de pontos acupunturais que, além de actuarem a nível local, agem também no nível orgânico interno.


Técnicas usadas nos tratamentos de estética

Ventosaterapia
Consiste na aplicação de recipientes que criam um efeito de sucção na pele por alguns minutos, estimulando a circulação sanguínea e drenando as toxinas acumuladas nos tecidos. As ventosas podem ser de pequena dimensão e colocadas sobre pontos acupuncturais no caso de tratamentos faciais ou de maior dimensão, aliando-se o poder de sucção à massagem com óleos terapêuticos, no caso de tratamentos contra a celulite ou a gordura localizada.


Moxabustão
Técnica terapêutica que consiste na aplicação de calor localizado através da queima de charutos de artemísia (Artemisia vulgaris) na proximidade das zonas afectadas e/ou de determinados pontos acupunturais, aliando-se as propriedades terapêuticas da planta (analgésica, anti-séptica, anti-espasmódica, anti-inflamatória, anti-microbiana, cicatrizante, emenagoga, sedativa e tónica) aos benefícios do calor (dilatação dos vasos capilares, aumento do fluxo sanguíneo local e do suprimento de oxigénio e metabolismo dos tecidos).


Auriculoterapia
Terapia que implica a estimulação de pontos acupunturais da orelha, com recurso à aplicação de sementes, de stippers, esferas magnéticas, electro-estimulação ou ponturação com agulhas finas. A orelha é um dos chamados micro-sistemas do corpo humano em que a parte corresponde ao todo, ao estar dotada de receptores interligados com todas as estruturas do organismo, o que permite o tratamento de um vasto conjunto de patologias e, no caso da estética, não só tratar as afecções locais como também ajudar a corrigir os desequilíbrios orgânicos que as originam.


Stiper
Técnica desenvolvida em 1996 pela necessidade de ultrapassar o medo das crianças e de alguns adultos das agulhas de acupuntura. O Stiper é silício cristalizado (SiO2), commumente conhecido como quartzo, esponjoso e agregado, sem ingredientes activos e sem efeitos colaterais, que actua através da transmissão vibracional (hiperligação para Reiki), podendo nalguns casos ser usado em vez de agulhas e de ímans, com muito sucesso, por exemplo, em casos de acne.


Magnetoterapia
A terapia magnética actua através da colocação de ímans em determinados pontos acupuncturais de modo a restabelecer o equilíbrio do organismo, com efeito regenerador celular, tendo particular eficácia no aumento de tónus muscular e das fibras elásticas, contribuindo assim para o rejuvenescimento da pele.


Gua Sha
Amplamente usada no tratamento de dores músculo-esqueléticas, esta técnica tem reconhecida eficácia no âmbito estético, consistindo em estimular a superfície por pressão e abrasão com um objecto boleado até se obter a congestão da zona a tratar com o aparecimento de petéquias. Desta forma, promove-se a vaso-dilatação do local, o melhor fluxo sanguíneo e o transporte de oxigénio e nutrientes, além de fomentar o aumento de eritrócitos e células imunes activas que potenciam o sistema imunitário.


Shiatsu facial
Corresponde a uma massagem de acupressão exercida com os dedos ao longo dos pontos acupunturais da face e do crânio que promove o aumento da irrigação sanguínea, a descompressão de áreas de tensão, a tonificação dos músculos faciais e a melhora da elasticidade da pele, além de incutir o relaxamento em geral.


Aplicação de Pó de Pérolas
Também usado na Medicina Ayurvédica, o pó de pérolas é reconhecido pela Medicina Tradicional Chinesa como remédio interno e cosmético de grande valor desde pelo menos o ano 320, pelas suas propriedades curativas, nutritivas e rejuvenescedoras, usado por imperadores e imperatrizes.
A recente investigação desenvolvida comprova os múltiplos benefícios do pó de pérolas, que vão desde a regeneração celular e o prolongamento da longevidade, ao estimular a produção de antioxidantes bioquímicos como o superóxido dismutase e glutationa, dois dos mais potentes antioxidantes do organismo que ajudam a reverter diversas patologias, protegem o ADN e inibem a enzima MAO-B. O nacre que constitui o pó de pérolas tem, entre outros, uma importante acção na regeneração dos fribroplastos, responsáveis pela formação de pele nova e colagéneo, restaurando a elasticidade e brilho da pele, assim como a redução de rugas e manchas.


Por isso já sabe, cuide bem de si: por dentro e por fora!


Referências

Barbalho, M. et al. 2016,
The effects of the Gua Sha technique (western view) on the flexibility of the posterior chain: series of cases

Braun, M. et al., 2011,
Effectiveness of traditional Chinese” gua sha” therapy in patients with chronic neck pain: a randomized controlled trial

Chen, T. et al., 2016,
Gua Sha, a press-stroke treatment of the skin, boosts the immune response to intradermal vaccination

Chiu, J. Y. et al. 2010,
Effects of Gua-Sha therapy on breast engorgement: a randomized controlled trial

Nielsen, A., 2014,
Gua sha – E-Book: A Traditional Technique for Modern Practice

Yang, H. L. et al., 2017,
Antihemotic and antioxidant properties of pearl powder against 2,2′-azobis (2-amidinopropane) dihydrocloride-induced hemolysis and oxidative damage to erythrocyte membrane lipids and proteins

Xu, Q.-Y. et al., 2012,
The Effects of Scraping Therapy on Local Temperature and Blood Perfusion Volume in Healthy Subjects

Deixe o seu Comentário:

Novas Normas de Funcionamento

Cumprimos escrupulosamente todos os critérios de higienização e normas de segurança preconizadas pela Direção Geral da Saúde no âmbito da prevenção e contenção do surto epidémico por Covid-19. Neste sentido, impõem-se novas normas de funcionamento:

1. O atendimento é feito unicamente mediante marcação prévia, de forma a evitar contacto entre pacientes;

2. No dia anterior à consulta, o Espaço InnZen entra em contacto telefónico para despistar eventuais sintomas relacionados com Covid-19 (tosse, febre, dificuldades respiratórias);

3. É obrigatório comparecer com máscara social que não deve retirar em nenhum momento;

4. Será solicitado que não traga acessórios (relógio, colares, brincos, etc);

5. Ser-lhe-á pedido que traga calçado de interior (chinelos de quarto ou similares), de forma a impedir a eventual contaminação do espaço com calçado de rua. Na impossibilidade de o fazer, ser-lhe-á facultado cobre-calçado descartável.