Image Alt

Malaquite

Fórmula: Cu2CO3 (OH)2
Dureza: 3.5-4
Densidade: 4

A malaquite é um hidróxido carbonatado de cobre que resulta da desagregação das jazidas cupríferas e ocorre em associação com a azurite, a goteíte e a calcite.
O seu nome deriva do Grego Μολοχίτης λίθος molochites lithos, “pedra verde-malva“, devido à sua semelhança com a planta.
Um dos minerais mais valorizados na Antiguidade, a malaquite foi explorada desde épocas muito remotas para extracção do cobre, desde a Península Ibérica ao Reino Unido desde o Calcolítico (Orme Mines) e a Israel, aproximadamente em 4000 a.C.

 

A malaquite petrifica o poder curativo e regenerador da natureza. Tradicionalmente era usado pelas parteiras para ajudar as parturientes, sendo benéfica para o aparelho reprodutor feminino em geral, alivia as dores menstruais e auxilia em casos de infertilidade. Trata-se de uma pedra curativa muito versátil: regulariza o sistema nervoso, combate a ansiedade e o esgotamento nervoso, regulariza a pressão arterial, alivia estados febris, promove a regeneração de tecidos e fortalece o sistema circulatório, ajuda em casos de artrite, de epilepsia, de fracturas, de vertigens, é anti-tumoral, auxilia em casos de danos do nervo óptico, tonifica o pâncreas, o baço e o fígado, equilibra o sistema imunitário e estimula o sistema circulatório, favorece a regeneração dos tecidos, fortalece o coração, remove toxinas no tecido adiposo, aumenta a actividade capilar e ajuda em situações de diarreia e reumatismo.

 

Intimamente ligada ao chakra do coração, a malaquite é uma pedra de transformação e de crescimento espiritual, enraizadora, que encoraja o auto-conhecimento e aceitação, a exteriorização de sentimentos profundos, a empatia pelos outros e a realização das mudanças necessárias à evolução pessoal. A malaquite combate a depressão e a ansiedade e ajuda a ultrapassar o medo de confrontação, assim como traumas de infância, desvanecendo bloqueios emocionais.
É também uma excelente pedra de protecção contra todo o tipo de energias nocivas, acreditando-se que tem a capacidade de evitar o perigo ou acidentes a quem a usa, casos em que frequentemente se estilhaça sem razão aparente.

 

Para recarregar a malaquite, deve-se colocá-la à luz do sol sobre uma drusa de quartzo até ao meio-dia ou em alternativa, enterrá-la de um dia para o outro em fase de lua crescente.

Novas Normas de Funcionamento

Cumprimos escrupulosamente todos os critérios de higienização e normas de segurança preconizadas pela Direção Geral da Saúde no âmbito da prevenção e contenção do surto epidémico por Covid-19. Neste sentido, impõem-se novas normas de funcionamento:

1. O atendimento é feito unicamente mediante marcação prévia, de forma a evitar contacto entre pacientes;

2. No dia anterior à consulta, o Espaço InnZen entra em contacto telefónico para despistar eventuais sintomas relacionados com Covid-19 (tosse, febre, dificuldades respiratórias);

3. É obrigatório comparecer com máscara social que não deve retirar em nenhum momento;

4. Será solicitado que não traga acessórios (relógio, colares, brincos, etc);

5. Ser-lhe-á pedido que traga calçado de interior (chinelos de quarto ou similares), de forma a impedir a eventual contaminação do espaço com calçado de rua. Na impossibilidade de o fazer, ser-lhe-á facultado cobre-calçado descartável.