Image Alt

Massagem Geotermal

Massagem Geotermal

Tratamento que conjuga o efeito relaxante e terapêutico da massagem com pedras quentes ao longo dos meridianos, na perspectiva da Medicina Tradicional Chinesa, no sentido de obter o reequilíbrio do organismo.

 

       

Breve História

A termoterapia, ou terapia pelo calor, foi amplamente usada ao longo de toda a história da Humanidade através de diversos métodos, desde a sauna e banhos termais à aplicação de materiais aquecidos sobre o corpo – pedras, sementes, sal ou areia – sendo praticada na Índia Védica, na Antiga China, entre os antigos povos célticos e os povos ameríndios. A massagem com pedras quentes – também conhecida como massagem geotermal – tornou-se sobretudo conhecida a partir de 1993 com Mary Nelson, tendo actualmente alcançado grande popularidade entre os tratamentos de saúde e bem-estar.

Base teórico-científica

A massagem geotermal ou massagem com pedras quentes tem como base terapêutica o mecanismo fisiológico desencadeado pela aplicação de calor, designadamente, a vasodilatação. A alteração da temperatura cutânea, intra-articular e dos tecidos tem um efeito imediato na circulação sanguínea e consequente no metabolismo. A subida de temperatura conduz a aumentos reflexos do nervo simpático vasodilatador, o que se traduz no aumento da circulação sanguínea.

 

O fluxo sanguíneo da derme e epiderme é controlado por dois ramos do sistema nervoso simpático: o sistema vasoconstritor oradrenérgico e o sistema vasodilatador colinérgico. São estes dois mecanismos que controlam os principais aspectos das respostas termo-reguladoras da superfície corporal.

 

O efeito do calor sobre a dor é mediado pelos canais sensoriais de calor que respondem, aumentando o cálcio intra-celular, o que por sua vez, estimula os nervos sensoriais e a respectiva resposta cerebral. Estes mecanismos formam parte dos canais potenciais de receptores transitórios, um grupo de canais iónicos localizados principalmente na membrana plasmática de vários tipos de células. O canal TRPV1 e o TRPV2 são sensisitivos ao calor nocivo, enquanto os TRPV4 são sensitivos ao calor normal. Uma vez activados, estes canais receptores podem inibir a actividade dos receptores de dor de purina, P2X2 e P2Y2, localizados nas terminações periféricas nervosas, inibindo directamente a dor. Os estudos realizados sugerem que a temperatura afecta também as trocas entre Ca2+ e Na+ nos neurónios, documentando-se o aumento da tolerância à dor.

 

O aumento da temperatura nos tecidos superficiais potencia a libertação de mediadores químicos como a histamina e as prostaglandinas, cujo resultado é a vasodilatação, que promove o aumento do fluxo sanguíneo, fazendo descer a pressão arterial, melhorando a oxigenação dos tecidos e o transporte de nutrientes, aumentando a flexibilidade dos tecidos, a redução dos espasmos e dores musculares.

Benefícios

• Promove o bem-estar geral e o relaxamento
• Activa a circulação sanguínea
• Estimula a actividade enzimática
• Estimula a capacidade auto-curativa do organismo
• Alivia o stress emocional e ameniza estados de ansiedade
• Melhora o sistema endócrino

Indicações

• Relaxamento físico, mental e emocional
• Tensão e dores musculares
• Fibromialgia
• Tendinites
• Dores de cólica renal
• Cólicas menstruais
• Hipertensão arterial
• Artroses
• Artrite reumatóide

Contra-indicações

Contra-indicada em casos de patologias dermatológicas, lesões externas, em pacientes que estejam sujeitos a quimioterapia ou em recuperação de cirurgias, com o estômago cheio ou sob o efeito de álcool ou drogas. Esta terapia é também desaconselhada a mulheres grávidas antes dos 100 dias de gravidez, estados de fraqueza extrema e crianças até aos 12 anos de idade.

Em que consiste uma sessão de Massagem Geotermal

A consulta é iniciada com algumas perguntas de diagnóstico, procedendo-se depois ao reconhecimento das eventuais zonas em desequilíbrio pelo exercício de uma pressão suave com as mãos, estando o paciente deitado numa marquesa.

 

Em seguida, desinfecta-se a pele e procede-se à aplicação de um óleo terapêutico natural, executando-se uma massagem suave, na qual se começam a incluir progressivamente as pedras aquecidas, alternando entre pedras estacionárias e pedras móveis, estimulando todos os meridianos e incidindo nas zonas de maior tensão que se apresentem.

 

 

São utilizadas pedras de basalto aquecidas, pela sua suavidade e capacidade de retenção do calor, sendo colocadas sobretudo ao longo dos pontos acupuncturais das costas, mas igualmente noutras áreas do corpo, como pernas, braços e entre os dedos dos pés e das mãos, por exemplo, o que é particularmente benéfico em casos de artroses.

Preço

Massagem geotermal de corpo inteiro, 1 hora – 50€
Massagem geotermal localizada, 40 minutos – 40€

Artigos Científicos

Brosseau, L., et al., 2003,
Thermotherapy for treatment of osteoarthritis, the Cochrane library,

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/14584019

 

Gas, P., 2017,
Essential Facts on the History of Hyperthermia and their connections with Electromedicine

 

Hendee, W. R., 2013,
Physics of Thermal Therapy, Fundamentals and Clinical applications, Taylor and Francis group,
https://aapm.onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1118/1.4804052

 

Kellogg, D. L. Jr., 2006,
In vivo mechanisms of cutaneous vasodilation and vasoconstriction in humans during thermoregulatory challenges, the American Physiological Society, https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16614368

 

Lacy, A. et al., 2005,
Mechanisms of acetylcholine-mediated vasodilatation in young and aged human skin, The Physiological Society,
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1665610/


Nadler,
S. F. et al., 2004,
The Physiologic Basis and Clinical Applications of Cryotherapy and Thermotherapy for the Pain Practitioner,
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16858479


Welch
, V. et al., 2001,
Thermotherapy for treating rheumatoid arthritis

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11406046

Novas Normas de Funcionamento

Cumprimos escrupulosamente todos os critérios de higienização e normas de segurança preconizadas pela Direção Geral da Saúde no âmbito da prevenção e contenção do surto epidémico por Covid-19. Neste sentido, impõem-se novas normas de funcionamento:

1. O atendimento é feito unicamente mediante marcação prévia, de forma a evitar contacto entre pacientes;

2. No dia anterior à consulta, o Espaço InnZen entra em contacto telefónico para despistar eventuais sintomas relacionados com Covid-19 (tosse, febre, dificuldades respiratórias);

3. É obrigatório comparecer com máscara social que não deve retirar em nenhum momento;

4. Será solicitado que não traga acessórios (relógio, colares, brincos, etc);

5. Ser-lhe-á pedido que traga calçado de interior (chinelos de quarto ou similares), de forma a impedir a eventual contaminação do espaço com calçado de rua. Na impossibilidade de o fazer, ser-lhe-á facultado cobre-calçado descartável.